,

,

cinepoema longo

clicar youtube para écran inteiro

sábado, 4 de fevereiro de 2012

A GUERRA E A PAZ (2)

,
Um pau
um triângulo negro entre as pernas
uma pedra
um coup de poing
um biface muito polido
uns olhos – provavelmente uns olhos
uma faca afiada
uma funda e um calhau
uma espada
uns olhos – aqueles olhos
uma taça de rhum
um mosquete
uma espingarda por dois cálices de absinto
uma granada
uma metralhadora máquina de costura
um obus
duas papoilas de ópio para enfeitar a alma
um canhão sem recuo e outro no cu
uma bebedeira de vodka
um foguete
a minha vida pela menina dos teus olhos
um sabre
uma V5 voadora
os teus olhos mil cores
..mil formas
....mil desejos
......mil vezes mil a eternidade
num cigarro de marijuana
um míssil
uma bomba atómica e outra de hidrogénio
um super-canhão
uma bomba de neutrões
um chuto na viola
um tiro na testa
meu amor
minha heroína de todos os sonhos
meu amor
meu amor
meu amor
.
............inédito

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

HAVANEZA











(
imagem do livro
)
.
,


.
Quem os reconhece nesta imagem de ontem,

nesta transfiguração do tempo, neste lugar remoto?
.
Em que acreditavam estes homens, quanta cisma
no rumor das suas vidas interinas, o temporal
de outras mesmas ideias à mesa duma tarde
que já é infinitamente noite para voltar
ao eterno comum das coisas simples de sempre?
.
Que diriam da cidade de ontem, do país, do mundo,
quais seriam as suas convicções, a transfiguração
que adivinhavam no lugar limpo que habitavam?
.
E como não entender a sua postura imperturbável,
nesta metamorfose do lugar, este tempo brando
feito de palavras lentas, gestos indefinidos
que nos traz a incerteza dum anoitecer sereno?
.
em "Algarve Ontem", recentemente publicado.
* Ainda ao preço de lançamento: 5 euros, p.p.