,

,

cinepoema longo

clicar youtube para écran inteiro

sábado, 19 de setembro de 2009

HABITAÇÃO

.

PRETÉRITO IMPERFEITO DUM GATO

.

.

Um gato havia um gato na estrada

……….morto

cabeça de bosta corpo de terra

…...…..sujo

e havia um laivo sangrento no asfalto

……….habituado

.

Um gato havia um gato

no mole da terra que a chuva

……….faz lama

.

o rabo do gato no sítio

………..da lama

.

o rabo do gato vazando por dentro

o sítio onde a lama já teve certezas

.

o rabo do gato o rabo do gato

.

…..……no asfalto

.

..............habitado


.

.....em "O FRIO DOS DIAS", esgotado

terça-feira, 15 de setembro de 2009

POEMA AO CONHECIMENTO

..
……….
.Se alguma vez quisermos ter um pouco
…….
....de conhecimento de qualquer coisa,
……
......é necessário separar-nos dela e olhar
……......apenas com a alma, as coisas em si mesmas

.
…….
...Sócrates

.
.-
É preciso olhar as coisas com uma cuidada distracção
distanciamento quanto baste, fora do seu quadro de referências,
as imagens que correm, que corrompem outras imagens,
formando abstracções, outras realidades concretas,
da mesma cor dos estratos geológicos, lâminas sobre lâminas
horizontais, nas raízes movediças da terra.


Esta discrição permite ao raciocínio um perfeito raios x
capaz de ler noções como tempo, silêncio, drama,
o patamar incontestado dos segredos guardados em altas torres
só conhecidos dos iniciados na ciência dos magmas da terra.


E permite mostrar como é possível a serenidade comovente
de apenas olhar, sem paixão pelos gelos dos altos cumes,
desligado do fervor endémico de ver crescer o trigo
ou conhecer o imediato destino dum pássaro caído de asa
sem procurar as suas origens, o dilema de ser coerente.
.
inédito