,

,

cinepoema longo

clicar youtube para écran inteiro

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

REPOSIÇÃO

.

Uma casa em pedra

.

Uma casa em pedra é um lugar onde se fabricam

os utensílios mais fraternos, talvez o lugar próprio

para descobrir a nossa vocação para plantar lírios

à beira das veredas, no caminho interior do lar.

.

Nela se redescobre a teimosa mão do poder das cinzas

à lareira, um jarro de água sobre a mesa, o pão amassado

na véspera, ante o alvoroço anónimo das crianças

ao odor das leveduras ainda frescas, transfiguradas.

.

Dentro das pedras se erguem as vozes vindas da planície

como se viessem da própria casa, do mais íntimo da terra,

misturando-se o apelo das águas e as narrativas

de animais nocturnos, obscuros, na fronte das montanhas.

.

E é daí que se lê a premonição das estrelas circundando

o destino de ervas e bichos que se fundem aos processos

por onde o vento soa, geométrico, um tempo sem data,

uma verdadeira abstracção de objectos nus, imaginários.

e
Agora veja aqui como a amiga Eliane do blog ,

compôs o poema em formato pps

(clicar para ver, ler e ouvir a composição).