,

,

cinepoema longo

clicar youtube para écran inteiro

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

HAVANEZA











(
imagem do livro
)
.
,


.
Quem os reconhece nesta imagem de ontem,

nesta transfiguração do tempo, neste lugar remoto?
.
Em que acreditavam estes homens, quanta cisma
no rumor das suas vidas interinas, o temporal
de outras mesmas ideias à mesa duma tarde
que já é infinitamente noite para voltar
ao eterno comum das coisas simples de sempre?
.
Que diriam da cidade de ontem, do país, do mundo,
quais seriam as suas convicções, a transfiguração
que adivinhavam no lugar limpo que habitavam?
.
E como não entender a sua postura imperturbável,
nesta metamorfose do lugar, este tempo brando
feito de palavras lentas, gestos indefinidos
que nos traz a incerteza dum anoitecer sereno?
.
em "Algarve Ontem", recentemente publicado.
* Ainda ao preço de lançamento: 5 euros, p.p.