,

,

domingo, 8 de março de 2009

HOMENAGEM À MULHER

.

Belo

é caminhar por entre o verde

saber que se ganha e que se perde

e ficar-se a sorrir, sempre.

-

Belo

é ver cair à volta o mundo

ouvir-se o lamento do moribundo

e ficar-se a rir eternamente.

.

Belo

é não pensar, não ler, fantasiar

e nas grandes noites

apenas sonhar, sonhar.

,

Belo

é o grande mar, o céu azul

e o doido que ri

sem saber o que quer ou o que não quer.

-

Mas o mais belo de tudo

é a mulher.

.

Todo o belo que existe cabe em si.

.

em POEMAS PRIMEIROS (reedição)

98 comentários:

  1. Oi Primo!

    Que linda homenagem!
    Vou colocar lá no bailando ok?
    Belo é o teu talento o que é belo deve ser contemplado.
    Bjs com carinho.

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo Vieira Calado;
    Claro que em primeiro quero felicitar o grande poeta pelo lindissimo poema dedicado às mulheres e se alguém o poderia assim fazer com tanta ternura só um grande poeta como o amigo...
    Segundo e com a sua autorização, vou oferecer este "bijou" da poesia e oferecê-lo às quatro mulheres da minha vida;
    Minha Mãe, Minha Esposa, Minha Filha e Minha Neta, assim como a todos as mulheres que com seu encanto e ternura vão espalhando por este Planeta, sua magia de paz.
    Um abraço, caro amigo.
    Osvaldo

    ResponderEliminar
  3. Fiquei comovida!
    Que Poeta,meu Deus!
    Pela minha parte obrigada pelos versos,pelo carinho que dedica às
    Mulheres!
    Bem haja!
    Abracinho.
    isa.

    ResponderEliminar
  4. Que belo poema, Vieira Calado!
    Obrigada pelo bocadinho que me toca...

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Tinha mesmo de ser um belo poema, de lirismo virtuoso, para homenagear tão lindo ser. Bela em todas as possibilidades.
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  6. E a natural beleza feminina...ficaria ainda mais bela...com o perfume deste verde escrito!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  7. Vieira Calado!Pelo que e toca obrigado,pelas palavras e pela poesia que cabem em cada uma de nós.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. QUEIDO AMIGO VIEIRA CALADO, FIQUEI EMOCIONADA COM TÃO BELO POEMA... GRATA PELA PARTE QUE ME TOCA... UM GRANDE ABRAÇO DE AMIZADE,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  9. Um presente seu poema! Obrigada! Sinto-me um pouquinho dona dele porque sou mulher e gostaria também de felicitar a todas as mulheres de portugal, principalmente as blogueiras, e em especial às mulheres ligadas a você, poeta.
    Parabéns pelo poema!
    Ótima semana pra ti.
    Angel

    ResponderEliminar
  10. Novamente, eu!
    Vi que agradecestes a publicação de suas poesias em alguns blogs. Posso também publicar alguma no meu ou preciso de autorização prévia? Pensei que era proibido fazê-lo.
    Se puder, por favor avise-me. Faço questão porque são belíssimas.
    Abraço
    Angel

    ResponderEliminar
  11. Belo poema. Também me sinto homenageada. Obrigada, amigo. Um abraço.

    ResponderEliminar
  12. É bom ser MULHER hoje e sempre.
    Obgda. pela homenagem.

    ResponderEliminar
  13. Uma bonita homenagem.

    abraços, obrigada pela parte que me cabe.

    ResponderEliminar
  14. Bela poesia!
    A mulher em si carrega todas as belezas... mas também porque existe um homem que a faz inspirar-se assim.

    ResponderEliminar
  15. Belo é também o reconhecimento, incrito na sua poesia..

    Eu, mulher, agradeço!

    ResponderEliminar
  16. Belo é que o homem admire a mulher e a respeite todos os dias...

    Adorei a homenagem que fez.
    Beijnhos

    ResponderEliminar
  17. Obrigada.

    Haja o tempo em que se solta os sonhos...

    Hoje também á bebida sem álcool no Angel Bar, passe por lá

    Boa Semana.

    ResponderEliminar
  18. E eu acompanho-te nesta bela e sentida homenagem que o teu poema oferece a quem é do tamanho do mar e da terra e do ceu: Mulher, Mãe, Companheira, Irmã, Amante...
    Um beijo e flores para as mulheres minhas amigas e para as outras também.
    Eduardo

    ResponderEliminar
  19. Amigo

    Também tenho no meu blogue uma bonita homenagem à Mulher
    Eduardo

    ResponderEliminar
  20. Bela é a palavra que homenageia,a mulher que gera a vida,que é mãe e companheira,porto de abrigo neste mar de vida


    Abraço

    ResponderEliminar
  21. Linda essa homenagem!

    Lindo esse poema!

    Parabéns, geande poeta!

    Um forte abraço

    Mirze

    ResponderEliminar
  22. Ai que belo...todo o belo que existe, cabe em si...ora como soubeste expressar tão bem este pensamento...Beijinhos mil, pois quem pensa assim, tem um coração dentro do peito... laura..
    Obrigada pela parte que me toca..

    ResponderEliminar
  23. Belo o poema...
    Belo o belo de ser mulher!

    Obrigada, amigo, senti que era um bocadinho para mim também!

    Beijo

    ResponderEliminar
  24. Olá Vieira, que linda homenagem a nós mulheres, não nos esqueçamos nunca que dentro de uma mulher existe o amor e o exercício de um homem,por isso obrigada por existires tu, enquanto homem, poeta, amigo,repleto de sensabilidade.
    Beijinhos
    Liliana

    ResponderEliminar
  25. Vieira Calado

    Um poema muito terno e simpático. É sem dúvida uma homenagem de peso.


    Abraço

    ResponderEliminar
  26. Agradeço particularmente! Agradeço em nome de todas as mulheres, também.
    Cumprimento a inspiração de grande poeta!
    Beijinho




    *finalmente enviei-lhe o combinado.

    ResponderEliminar
  27. linda homenagem aqui prestada aquela que é a inspiração de qualquer poeta "a mulher"

    abrço poético

    ResponderEliminar
  28. Uma homenagem que todas as Mulheres merecem. Um poema muito bem escrito.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  29. "...Mas o mais belo de tudo

    é a mulher.

    .

    Todo o belo que existe cabe em si."

    Muito bonito, grata pela homenagem!!!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  30. Belo ...seria mesmo não pensar...


    um abraço

    ResponderEliminar
  31. Vieira Calado.

    Que lindo!

    Obrigada.

    um grande grande abraço
    mariam

    ResponderEliminar
  32. Grata pela passagem pelo meu blog e pelo cumprimento especial pelo dia da mulher.
    Mariz

    ResponderEliminar
  33. Obrigada pelo poema. Maravilhoso!!!
    Eu sou das que desejo o dia em que não seja preciso focar a situação da mulher e homenageé-la; isso significará crescimento da Humanidade pois compreendeu que a mulher desde sempre e por direito natural, já adquiriu, há muito, direitos, deveres e oportunidades iguais.Esse dia ainda não chegou!!!
    A humanidade ficará certamente mais enriquecida quando isso acontecer.
    Obrigada pelo belo poema.
    Grande beijinho para si,

    ResponderEliminar
  34. Amigo
    como mulher
    Agradeço
    este lindissíma homenagem
    como só tu sabes
    descrever
    obrigado
    im beijo

    ResponderEliminar
  35. Que belo poema e merecida homenagem à mulher-mãe de toda a beleza.
    Obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  36. muito obrigada pelo comentario no meu blog... interessante que foi o unico homem que me recordou o dia da Mulher ::))
    xi
    maria

    ResponderEliminar
  37. linda homenagem linas palavras, para uma Mulher!
    obrigada!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  38. Pela parte que me toca, agradeço-lhe muito, Senhor Calado.

    Respeitosas saudações.

    ResponderEliminar
  39. Caro Vieira Calado,

    Depois de 2 meses privada de net, por ter mudado de residência, aqui estou de regresso, finalmente, e venho, numa primeira visita, deixar um abraço e a promessa de voltar para ler e comentar, como é devido.

    Um abraço

    Meg

    ResponderEliminar
  40. lindo, meu amigo. obrigada pela bela homenagem às mulheres.
    beijos

    ResponderEliminar
  41. Obrigada pelas palavras deixadas lá e pelo excelente poema que aqui leio.

    Beijitos

    ResponderEliminar
  42. Homenagem de primeira meu caro... você é um mestre nas palavras.

    Abçs,







    Novo Dogma:
    reiNo...


    dogMas...
    dos atos, fatos e mitos...

    http://do-gmas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  43. Uma bonita homenagem. Mas os homens também são uns queridos...beijos.

    ResponderEliminar
  44. Primo, que linda homenagem... adorei.

    Obrigada meu querido.

    Tenha uma ótima semana.

    Bjss

    ResponderEliminar
  45. Belíssimo, este poema de homenagem à Mulher.
    Parabén e obrigada, como Mulher!

    Obrigada pela visita ao Lírios, e comentário.
    Há post novo. Se quiseres, aparece.

    Beijinhos
    Mariazita

    ResponderEliminar
  46. Obrigada, poeta!
    Fiz uma postagem de poesia tua no meu blog. Mas foi difícil esoclher, todas são muito belas!
    Espero que goste. Fiz também uma linkagem.
    Ótima semana
    beijão
    angel

    ResponderEliminar
  47. Outra esplendida poesia!

    Como todas as outras torna-se enebrinte lê-las.

    Parabéns mais uma vez.

    ResponderEliminar
  48. Bela, amigo, é esta homenagem! :) Abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  49. Grata pelo esplêndido poema!
    Bem haja.

    ResponderEliminar
  50. Belo poema amigo Calado... e que bela homenagem ás mulheres!


    Num momento desnudado de inspiração
    Apuro sentidos desconhecidos nas janelas do mundo…
    Abro longas cortinas entreabertas da imaginação
    E sonho despertar, num sono em que não durmo

    Um resto de um bom dia e semana
    Continuando, com a boa inspiração…

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderEliminar
  51. que magnífica homenagem à mulher...parabéns
    beijos

    ResponderEliminar
  52. Como mulher, mesmo sem ser bela, agradeço este teu poema, este sim, belo.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  53. Olá, obrigada pela sua visita ao meu blogue. Parabéns pelos seus belíssimos poemas.


    Até breve

    ResponderEliminar
  54. a mulher que há em mim agradece, querido ;o)

    beijos

    MM.

    ResponderEliminar
  55. Aceito primo, me espere, estou chegando...

    Bjss

    ResponderEliminar
  56. A parte que me toca agradece-te profundamente.
    Um poema lindissimo!
    (Onde bebes café?!)
    ;)

    ResponderEliminar
  57. Oie meu amigo lindo, belo é receber uma homenagem dessa... maravilhoso!
    Fique com Deus! Beijos

    ResponderEliminar
  58. O mais belo é haver quem saiba escolher palavras para uma homenagem bela como esta!
    Obrigada.

    Em breve, enviarei mail, solicitando o envio de um dos seus livros.
    Um beijo com amizade.

    ResponderEliminar
  59. Toda a mulher é seduzida com este poema. Obrigada em meu nome e em nome de todas as mulheres do mundo pela homenagem.

    É este o poema, que quero traduzir, se estiver de acordo.

    Bom dia, poeta!

    ResponderEliminar
  60. pela parte que tb me toca deste mar


    obrigada,
    Poeta,
    .

    abraço.

    ResponderEliminar
  61. obrigada pela parte que me toca.

    um belo poema como o são todos os seus.

    fica um beij

    ResponderEliminar
  62. Gostei dos belos aqui descritos, uma forma leve de viver a vida e torná-la bela.

    abraços

    ResponderEliminar
  63. Obrigada por esta homenagem a nós mulheres.Abraço

    ResponderEliminar
  64. Querido Poeta Calado!
    A cada palavra falada,
    rosas eram lançadas do alto.
    enfeitando as ruas
    por onde passavamos,
    não as colhemos,
    Mater por natureza,
    desejamos sempre dividir
    o carinho e beleza que nos é dado.
    Grata e um caloroso abraço
    daqui do sul do Brasil da Ana Diniz.

    ResponderEliminar
  65. E quantas vezes o conteúdo não sai pior do que o embrulho? onde está, então, o belo?

    ;)

    ResponderEliminar
  66. _______________________________

    ...concordo plenamente!

    Um lindo poema homenageando a mulher... Como sempre, trabalho de primeiríssima linha!

    Beijos de luz e o meu carinho...

    ________________________________

    ResponderEliminar
  67. Uma bela homenagem. Um poema lindo. Obrigada. **

    ResponderEliminar
  68. Vim atrasada, mas como para mim todos os dias são Dia da Mulher, não estou atrasada.___________

    Só não comentei no dia do calendário.___________

    Bela homenagem à Mulher.________
    Beijo
    Isabel

    ResponderEliminar
  69. Como eu disse ao "O meu Sofá Amerelo", o que conta é o botão de rosa que adorei e não o dia da mulher.
    Sou mulher todos os dias, mas outras há mais corajosas que eu, e essas são por vezes tão esquecidas!
    Para mim não há dias especiais, pois não concordo com eles, até porque não é correcto não haver "o dia do homem". Porquê?
    Só no "dia dos namorados" encontramos ambos. Então o homem não é muitas vezes também pai e mãe?
    Vivemos numa sociedade em que os dois têm os mesmos direitos e os mesmos deveres.
    Não concorda comigo Senhor Poeta... ou Profeta...
    Abraço e obrigada a sua vinda ao meu lugar
    Maria

    ResponderEliminar
  70. Fico sempre na dúvida se este tipo de homenagens, ainda que bem intencionadas, enaltecem ou enfraquecem os homenageados...
    Bom resto de semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  71. Belíssima homenagem no Dia Internacional da Mulher.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  72. Belo é o que aqui escreveu...!

    Obrigada.


    Um beijinho amigo *

    ResponderEliminar
  73. ELA

    a raíz a árvore

    o princípio

    e o tecto

    _____

    um beijo

    ResponderEliminar
  74. Como mulher, agradeço o belo poema.
    Bonita e sensível a sua poesia!
    CarpeDiem e saudações
    Clo

    ResponderEliminar
  75. Fantabuloso Vieira Calado !!!

    Um grande abraço,


    JMB

    ResponderEliminar
  76. Belos Poemas!

    Bonita a homenagem à Mulher!
    Pela minha parte, agradeço:)

    Abraço,

    ResponderEliminar
  77. Muito bonito este seu poema!
    Gostei...
    Parabéns!

    Vanda

    ResponderEliminar
  78. manualdoinseguro.blogspot.com

    Sã Consciência


    Sou quase uma mulher de meia idade,
    muito embora ninguém nunca tenha dito de
    quantos anos é feita uma idade inteira.
    Uma mulher que deflora o tempo,
    o divide ao meio,
    transita por suas infinitas passagens
    e que aprendeu a extrair o seu poder anestésico
    e cicatrizante.
    Manuseio o tempo,
    mantenho-o em lugar seco, arejado
    e o sorvo em forma de alquimia.
    Stella Tavares

    Obrigada pela linda homenagem que prestou a todas nós.

    http://recantodasletras.uol.com.br/autores/stellatavares

    ResponderEliminar
  79. manualdoinseguro.blogspot.com
    Sã Consciência


    Sou quase uma mulher de meia idade,
    muito embora ninguém nunca tenha dito de
    quantos anos é feita uma idade inteira.
    Uma mulher que deflora o tempo,
    o divide ao meio,
    transita por suas infinitas passagens
    e que aprendeu a extrair o seu poder anestésico
    e cicatrizante.
    Manuseio o tempo,
    mantenho-o em lugar seco, arejado
    e o sorvo em forma de alquimia.
    Stella Tavares
    Obrigada pela bela homenagem que fez a todas nós.
    http://recantodasletras.uol.com.br/autores/stellatavares

    ResponderEliminar
  80. Sã Consciência


    Sou quase uma mulher de meia idade,
    muito embora ninguém nunca tenha dito de
    quantos anos é feita uma idade inteira.
    Uma mulher que deflora o tempo,
    o divide ao meio,
    transita por suas infinitas passagens
    e que aprendeu a extrair o seu poder anestésico
    e cicatrizante.
    Manuseio o tempo,
    mantenho-o em lugar seco, arejado
    e o sorvo em forma de alquimia.
    Stella Tavares
    Obrigada pela bela homenagem que prestou a todas nós.
    www.manualdoinseguro.blogspot.com

    http://recantodasletras.uol.com.br/autores/stellatavares

    ResponderEliminar
  81. Sã Consciência


    Sou uma mulher de meia idade
    muito embora ninguém nunca tenha dito
    de quantos anos é feita uma idade inteira
    Uma mulher que deflora o tempo,
    o divide ao meio, transita por suas infinitas passagens
    e que aprendeu a extrair o seu poder anestésico e cicatrizante
    Manuseio o tempo, mantenho-o em lugar seco, arejado
    E o sorvo em forma de Alquimia.

    (Extraído do livro “O Adestrador de Sentimentos” de Stella Tavares)

    Obrigada por seguir o manual do inseguro.com
    Com todo o meu carinho e admiração.
    Stella

    ResponderEliminar
  82. Obrigada, amigo. O meu tempo tem andado mais do que curto... mas a sua visita ao smeu paupérrimo espaço incendiou-me por demais a saudade e eu não consegui resistir ao fugir do tempo e vim até aqui... deliciar-me com tudo quanto do seu coração enorme vai saindo.
    Não tenho outras palavras... não encontro...
    Beijos

    ResponderEliminar
  83. Bonito poema homenageando a MULHER!
    Obrigada :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  84. Passe no meu Blog 'os meus miminhos' e traga consigo o Presente de Páscoa!
    este não engorda :)

    ResponderEliminar
  85. gostei de seu blog parabens quando der visite o meu www.palavrasarteblablabla.blogspot.com

    ResponderEliminar
  86. Olá,
    vim retribuir a visita e fiquei encantada com muitos dos seus poemas.Escolhi este porque o achei maravilhoso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  87. A mulher não poderia ser homenageada de forma tão bela como nesses lindos versos.

    bjos e ótima semana prá vc!

    ResponderEliminar
  88. Bela homenagem
    A beleza das coisas e e nelas contidas está a mulher mãe, esposa, namorada ou simplesmente a amiga.
    Aquela que apesar de todas as feridas ainda tem espaço para compreender e aceitar os erros de todos nós.

    ResponderEliminar
  89. Sinto-me lisonjeada. Belissima homenagem.

    Feliz 2013 para si!

    ResponderEliminar